Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

01
No comando: Patrocínio Filho / BOM DIA NAZA

Das 08:00 as 12:00

00
No comando: Pe. Reginaldo Manzotti / PROGRAMA EXPERIÊNCIA DE DEUS

Das 09:00 as 10:00

01
No comando: Patrocínio Filho / NAZA SERTANEJO 1ª AUDIÇÃO

Das 10:01 as 10:30

04
No comando: Flávio Nicetas / ESPAÇO ABERTO

Das 12:00 as 14:00

02
No comando: Pedro Massa / OBA OBA

Das 14:00 as 16:00

02
No comando: Flávio Nicetas / SEXTA DO BREGA

Das 15:20 as 16:00

02
No comando: Pedro Massa / NAZA SERTANEJO 2ª AUDIÇÃO

Das 15:30 as 16:00

06
No comando: Cumpadre Muniz / FORROZÃO DA NAZA

Das 16:00 as 18:00

03
No comando: Josildo Santos / NOTÍCIAS DAS 6

Das 18:00 as 19:00

naza-fm
No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 19:00 as 20:00

05
No comando: Adélia Nascimento / NAZA HITS

Das 20:00 as 22:00

05
No comando: Adélia Nascimento / COISAS DO CORAÇÃO

Das 21:00 as 23:59

adelia
No comando: Adélia Nascimento / COISAS DO CORAÇÃO

Das 22:00 as 23:59

04
No comando: Flávio Nicetas / NAZA NOTICIAS

Das 06:00 as 07:45

Antecipado: Divulgação do resultado do Enem é antecipado para 18 de janeiro

Compartilhe:
04

O Ministério da Educação, antecipou em um dia a divulgação do resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017. A partir de 18 de janeiro os estudantes poderão consultar os resultados individuais na Página do Participante, na internet. A nova data foi divulgada hoje (12) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

É necessário informar o CPF e a senha cadastrada no momento da inscrição no Enem. Quem não se lembra da senha pode recuperá-la na Página do Participante. É com ela que o estudante também terá acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que ficará aberto de 29 de janeiro a 1º de fevereiro.

Os resultados dos participantes com menos de 18 anos, comumente chamados de treineiros, serão liberados 60 dias depois da divulgação regular. O mesmo prazo vale para os espelhos de correção das redações. O acesso ao espelho de correção é uma forma de o participante saber como se saiu em cada uma das cinco competências avaliadas pela prova.

Os estudantes podem usar o resultado das provas do Enem em processos seletivos para vagas no ensino público superior, pelo Sisu, para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Deixe seu comentário: