Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

05-2-640x640
No comando: Adélia Nascimento / BOM DIA NAZA

Das 08:00 às 12:00

05-2-640x640
No comando: Adélia Nascimento / NAZA SERTANEJO 1ª AUDIÇÃO

Das 09:25 às 09:55

00
No comando: Pe. Reginaldo Manzotti / PROGRAMA EXPERIÊNCIA DE DEUS

Das 10:00 às 11:00

flavio
No comando: Flávio Nicetas / ESPAÇO ABERTO

Das 12:00 às 14:00

pedro
No comando: Pedro Massa / OBA OBA

Das 14:00 às 16:25

02
No comando: Flávio Nicetas / SEXTA DO BREGA

Das 15:20 às 16:00

pedro
No comando: Pedro Massa / NAZA SERTANEJO 2ª AUDIÇÃO

Das 16:25 às 17:00

04
No comando: Cumpadre Muniz / FORROZÃO DA NAZA

Das 17:00 às 19:00

naza-fm
No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 19:00 às 20:00

naza
No comando: NAZA HITS

Das 20:00 às 22:00

naza
No comando: COISAS DO CORAÇÃO

Das 21:00 às 23:59

naza
No comando: COISAS DO CORAÇÃO

Das 22:00 às 23:59

flavio
No comando: Flávio Nicetas / SÓ NOTÍCIAS

Das 06:00 às 07:45

Cancelado: Após 21 anos, Paixão de Cristo do Recife é cancelada por cupim e falta de dinheiro

Compartilhe:
03

A “Paixão de Cristo” do Recife, não será realizada neste ano, após 21 edições consecutivas. A produção do espetáculo decidiu cancelar a temporada 2018 por não haver captação suficiente de recursos para execução da peça sobre os últimos momentos de Jesus, que seria exibida nos dias 30 e 31 de março e 1º de abril no Marco Zero, no Recife Antigo, pela primeira vez sem José Pimentel no papel principal.

“Tivemos a garantia da Prefeitura do Recife, de que investiria R$ 250 mil, e do Governo do Estado, de que entraria com R$ 150 mil, mas essa verba não é suficiente diante das demandas do espetáculo este ano. E, infelizmente, não conseguimos apoio da iniciativa privada”, disse Paulo de Castro, um dos diretores, por meio de comunicado. Ele garante que essa foi uma decisão pontual.
O ator Hemerson Moura, seria o intérprete Jesus neste ano de 2018. Ele foi escolhido após processo seletivo que contou com outros 27 candidatos e já havia iniciado a preparação para a peça. “Estou ciente das dificuldades enfrentadas pela produção. De qualquer forma, foi muito bom ter a oportunidade de trabalhar e conviver com José Pimentel, um ícone do teatro pernambucano”, declarou na nota oficial.

Deixe seu comentário: