Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

05-2-640x640
No comando: Adélia Nascimento / BOM DIA NAZA

Das 08:00 às 12:00

05-2-640x640
No comando: Adélia Nascimento / NAZA SERTANEJO 1ª AUDIÇÃO

Das 09:25 às 09:55

00
No comando: Pe. Reginaldo Manzotti / PROGRAMA EXPERIÊNCIA DE DEUS

Das 10:00 às 11:00

flavio
No comando: Flávio Nicetas / ESPAÇO ABERTO

Das 12:00 às 14:00

pedro
No comando: Pedro Massa / OBA OBA

Das 14:00 às 16:25

02
No comando: Flávio Nicetas / SEXTA DO BREGA

Das 15:20 às 16:00

pedro
No comando: Pedro Massa / NAZA SERTANEJO 2ª AUDIÇÃO

Das 16:25 às 17:00

04
No comando: Cumpadre Muniz / FORROZÃO DA NAZA

Das 17:00 às 19:00

naza-fm
No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 19:00 às 20:00

naza
No comando: NAZA HITS

Das 20:00 às 22:00

naza
No comando: COISAS DO CORAÇÃO

Das 21:00 às 23:59

naza
No comando: COISAS DO CORAÇÃO

Das 22:00 às 23:59

flavio
No comando: Flávio Nicetas / SÓ NOTÍCIAS

Das 06:00 às 07:45

Eleições 2018: Lula lidera com folga em Pernambuco

Compartilhe:
01

As intenções de voto espontâneas para presidente sinalizam a força do ex-presidente Lula em Pernambuco. Lula aparece em primeiro lugar, com 41% das intenções de votos, seguido distantemente por Jair Bolsonaro com 9%, Ciro Gomes, com 2%, e os demais com 1% ou menos. Os resultados são da pesquisa Datamétrica, realizada nos dias (08) e (09) de junho.

Nas intenções de voto estimuladas, foram feitos dois exercícios: com Lula e sem Lula. Na simulação com Lula (PT), o ex-presidente aparece com 59%, Jair Bolsonaro (PSL) com 11%, Marina Silva (Rede) com 3%, Ciro Gomes (PDT) com 3%, Geraldo Alckmin (PSDB) com 2% e o restante com 1% ou menos. Avaliando os estratos da pesquisa, vê-se que Lula é forte em todos os cortes. Na camada até o ensino fundamental, ele aparece com 68% das intenções. Entre os que têm 60 anos ou mais, ele atinge 74%.

E, por outro lado, no segmento de menor frequência de intenções de voto, que é de eleitores com até o ensino médio, ainda assim as intenções de voto no ex-presidente são elevadas: 46%. Do ponto de vista da distribuição geográfica, sua força é bem distribuída: 59% das intenções de voto da Região Metropolitana do Recife e 58% dos votos das demais mesorregiões agrupadas.

Na simulação sem a opção de Lula, branco/nulo/ninguém cresce de 16% para 45%.  Marina, dentre os pré-candidatos, é quem mais se beneficia, crescendo de 3% para 15%. Ciro Gomes sobe de 3% para 6%. Os demais crescem 1% ou menos.

Observada a migração dos votos em Lula na estimulada de primeiro turno, entre o cenário com ele e sem ele, 21% dos que apontaram Lula como opção migraram para Marina Silva e 6% escolheram Ciro Gomes. São os pré-candidatos percebidos hoje como de maior capacidade de substituí-lo. Metade dos eleitores de Lula, exatos 50% dos entrevistados, afirmam que, na falta de opção com Lula, votam branco/nulo/ninguém.

Deixe seu comentário: