Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

05-2-640x640
No comando: Adélia Nascimento / BOM DIA NAZA

Das 08:00 às 12:00

novo
No comando: Pe. Pedro / PROGRAMA TESTEMUNHO DE FÉ

Das 09:00 às 10:00

flavio
No comando: Flávio Nicetas / ESPAÇO ABERTO

Das 12:00 às 14:00

pedro-300x300
No comando: Pedro Massa / OBA OBA

Das 14:00 às 16:25

02
No comando: Flávio Nicetas / SEXTA DO BREGA

Das 15:20 às 16:00

pedro-300x300
No comando: Pedro Massa / NAZA SERTANEJO 2ª AUDIÇÃO

Das 16:25 às 17:00

04
No comando: Cumpadre Muniz / FORROZÃO DA NAZA

Das 17:00 às 19:00

naza-fm
No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 19:00 às 20:00

naza
No comando: NAZA HITS

Das 20:00 às 22:00

naza
No comando: COISAS DO CORAÇÃO

Das 21:00 às 23:59

naza
No comando: COISAS DO CORAÇÃO

Das 22:00 às 23:59

flavio
No comando: Flávio Nicetas / SÓ NOTÍCIAS

Das 06:00 às 07:45

Política: Ex-Prefeito de Nazaré da Mata Nado Coutinho, tem contas rejeitadas pela Câmara Municipal de Nazaré

Compartilhe:
01

A Câmara Municipal de Nazaré da Mata, rejeitou nesta última terça-feira (06), as contas do exercício financeiro de 2015 da prefeitura, quando estava sob a gestão de Nado Coutinho (PTB). A maioria dos vereadores votou a favor do parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE – PE), que apontou irregularidade das contas desse período, totalizando 7 votos contra 5 contrários ao aparecer.

O ex-prefeito Nado Coutinho, contou com o apoio dos votos dos vereadores Aninha, Jonas Araújo, Pedrinho do Carequinha, Nando do Bode, e o voto surpresa da noite, do vereador Son da Saúde, que integra a Comissão de Orçamento e Finanças, que já havia acompanhado o relator pela rejeição, mas, na hora mudou o seu voto.

Votaram a favor do parecer do TCE-PE, os vereadores Paulinho Eletricista, relator da comissão, Maristela do Gás, atual presidente, Biu Rufino, Edelson do Hospital, Neco do Conselho, e Adjair Pereira. O único parlamentar a não comparecer a sessão, foi o vereador Dr. Luizinho.

Para as contas serem aprovadas, o ex-prefeito tinha que ter pelo menos 9 votos dos 13 que compõe a Câmara municipal, que corresponde a 2/3 dos votos da casa legislativa. Ainda houve uma tentativa de adiar a sessão pelo ex-gestor para uma futura defesa, mas a mesa diretora não viu fundamento no pedido, pois todos os prazos legais já haviam sido utilizados.

Deixe seu comentário: